5. É outro Kardec

      De quando em quando, em alguns Centros Espíritas onde vamos falar das Lições de Jesus, observamos Médiuns bem orientados, recebendo Mensagens assinadas por Allan Kardec. Ficamos em dúvida lembrando que, em OBRAS PÓSTUMAS , do Codificador, há uma amorosa advertência de um de seus Guias lembrando-lhe o aprovei­tamento do tempo na conclusão de suas obras e de que, como fora previsto, seu desencarne estava próximo e que iria ficar no Espaço cerca de 40 anos para, depois, voltar à Terra e completar sua Missão junto ao Espiritismo. Verificando o ano de seu descesso, 1869, deveria estar entre nós, mais ou menos, entre os anos de 1909 e 1910...
     E, segundo ouvimos de uma vez, de M. Quintão, quando entre nós, Allan Kardec dera na Federação Espírita Brasileira sua última comunicação em 1902. Daí, por diante, silenciara...
     Como explicar as Mensagens assinadas com seu nome? Talvez, justificamos, sejam de seu representante, alguém credenciado, preposto ao seu valioso Trabalho. Porque ele, Kardec, ou deveria estar entre nós ou em esferas mais elevadas, em serviços de grande relevância espiritual, incapaz, pois, de se revelar a não ser através de terceiros. Se não, porque não tem dado sua presença pelo nosso querido Médium de Pedro Leopoldo?
    De uma feita, sozinhos com o Chico, pedimos-lhe uma explicação. E o Médium humilde, primeiramente, mostrou-se surpreso, meio contrariado com o grave assunto.
      Depois, sorriu e respondeu-nos:
     - É, deve ser outro Kardec, pois não tem aparecido por aí, tantos Andrés Luizes e Emmanuéis?...
    Ficamos satisfeitos com a explicação recebida, que, desta ma­neira, não deixa os recebedores das Mensagens em situação delicada.

                        *       *       *
      Vale dizer que esta é uma explicação pessoal do Médium, porque, em novembro de 1957, um grupo de irmãos de Franca, em nossa presença, entrevistando-o, sem antes lhe haver submetido as pergun­tas à sua aprovação, a respeito do assunto em causa, pediu-lhe que ouvisse seu Guia e, ele, assim se houve:
      - Nossos Mentores espirituais até hoje não têm tocado no assunto. Talvez, algum dia, o façam...

(artigo extraído do livro "Lindos Casos de Chico Xavier", de Ramiro Gama, Editora LAKE)



resolução de vídeo sugerida: 800 x 600 px / High Color (16 bits) - Copyright © 2000-2013